Instituto Questão de Ciência

EnglishPortuguês

Notícias

Acompanhe nossas últimas notícias

Observatório de Políticas Científicas do IQC já tem primeiro projeto

Iniciativa recém-lançada acerta parceria com Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) para capacitação de gestores

O recém-lançado Observatório de Políticas Científicas do Instituto Questão de Ciência (IQC) já tem seu primeiro projeto, e com alcance nacional. Em evento virtual ainda na manhã desta quarta-feira, 16 de fevereiro de 2022 – data da estreia da iniciativa, fruto de uma parceria com o Instituto Serrapilheira -, a presidente do IQC, Natalia Pasternak, e o diretor executivo do instituto, Paulo Almeida, apresentaram e tiveram aceita proposta de parceria com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) para capacitação de gestores públicos e suas equipes no uso de evidências científicas em políticas sociais e de saúde.

“Um dos principais braços do Observatório de Políticas Científicas é o de treinamento, que visa capacitar gestores e técnicos da esfera pública no uso de evidências científicas em processos de tomada de decisão e no desenho e avaliação de políticas públicas”, explica Almeida, responsável pela coordenação do observatório. “Face ao que vimos nos últimos anos em relação ao enfrentamento da crise sanitária e do nosso foco em políticas de saúde, não conseguimos pensar em um parceiro melhor que o Conass para nos auxiliar a criar um curso instrumental que seja útil às secretarias de saúde dos estados brasileiros. Esperamos que este seja apenas o primeiro desdobramento de uma parceria duradoura”.

Presidente do Conass e secretário de Saúde do Marahão, Carlos Eduardo de Oliveira Lula também destacou a importância da parceria não só no contexto da atual pandemia de COVID-19 mas também para o futuro das políticas de gestão em saúde no país.

“Vocês tiveram papel fundamental na discussão com a sociedade sobre a pandemia e, com certeza, esse é um projeto que poderemos realizar em conjunto, não só agora na pandemia, mas a longo prazo”, afirmou durante o evento virtual.

O Observatório de Políticas Científicas do IQC e o Conass acertaram a criação de um grupo de trabalho conjunto para desenvolvimento do curso de capacitação, que terá como objetivo permitir aos gestores em saúde entender como se dá um processo decisório a partir do uso de evidências científicas, como estas evidências são geradas e como interpretá-las, identificar políticas que fogem a estes princípios e os prejuízos que elas trazem para a sociedade, além de como melhor comunicar tudo isso para o público em geral. A ideia é poder oferecer a capacitação já para os gestores estaduais de saúde e equipes que assumirão seus cargos em 2023, após as eleições previstas para o fim deste ano.